Logotipo Inovar com QI
Logotipos dos Parceiros
Incio arrow Sobre o Projecto
Sobre o Projecto criar PDF verso para impresso enviar por e-mail
23.10.2006
ndice
Sobre o Projecto
A Equipa do Projecto
Finalidades do Projecto
Professores Participantes
Implementao e Cronograma
Comisso de Acompanhamento
Comunidade de Utilizadores
Avaliao
Parcerias

Avaliação Contínua e/ou Final do Projecto

Objecto da Avaliação
Implementação da utilização de Quadros Interactivos na sala de aula, mormente nas alterações produzidas nas práticas lectivas, na configuração das tarefas docentes e no desenvolvimento da literacia tecnológica entre os professores.

Finalidades da Avaliação
O propósito maior da avaliação que agora se planeia é permitir conhecer o impacto da utilização de Quadros Interactivos na sala de aula, mormente nas alterações produzidas nas práticas lectivas, na configuração das tarefas docentes e no desenvolvimento da literacia tecnológica entre os professores. Conscientes de que a introdução deste recurso dentro da sala de aula tanto poderá ser uma mais valia para a prática pedagógica, como poderá transformar-se num ”elefante branco”, urge estudar os modos da sua exploração útil, para os transformar em práticas rotinadas e fáceis que permitam o seu uso pela generalidade dos professores. Assim, pretende-se conhecer os contextos específicos da implementação daqueles recursos técnicos, em tempo útil para poder identificar boas práticas e disseminá-las através de formação em contexto. Dito de outra forma, avalia-se tanto para melhorar os processos de utilização daquela ferramenta tecnológica como para estruturar uma formação de professores coerente, na área das TIC.

Destinatários da Avaliação
São destinatários da avaliação os promotores da introdução dos Quadros Interactivos nas Escolas Associadas do Centro de Formação, a saber: as respectivas Direcções Executivas, a Direcção do Centro de Formação, a empresa Areal que disponibiliza aquele equipamento, bem como os docentes que fazem parte da equipa de Projecto.

Modelo de Avaliação
A estrutura metodológica que se planeia aproxima-se do estudo de caso, uma vez que se pretende estudar de forma descritiva as variáveis: processo de integração desta tecnologia na sala de aula, na configuração das tarefas docentes e na literacia tecnológica dos professores envolvidos e outras complementares e emergentes que venham a mostrar-se relevantes para a tarefa de interpretar as dimensões mais importantes do Projecto, bem como fazer recomendações sobre o andamento do mesmo. 

Operacionalização

Dimensão da Avaliação Descritores / Indicadores Fontes / Instrumentos
Processo de integração desta tecnologia na sala de aula. - Práticas lectivas decorrentes da introdução dos Quadros Interactivos;
- Dinâmicas de interacção na sala de aula;
- Processos de aprendizagem dos alunos.
- Análise dos “flipcharts” produzidos pelos professores do Projecto;
- Entrevista aos professores do Projecto;
- “Diário de bordo”.
Configuração das tarefas docentes. - Planificação;
- Avaliação;
- Cooperação com outros docentes.
- Análise dos “flipcharts” produzidos pelos professores do Projecto;
- Entrevista aos professores do Projecto;
- “Diário de bordo”.
Literacia tecnológica dos professores envolvidos. - Formação adquirida;
- Desenvoltura na utilização dos recursos e do software;
- Produção de conteúdos pedagógicos digitais com utilização de Quadros Interactivos.
- Análise de conteúdo da formação adquirida;
- Análise de conteúdo dos “flipcharts” produzidos;
- Entrevista aos professores do Projecto;
- “Diário de bordo”.

Cronograma da Avaliação

Etapas Recolha de informação Tratamento de dados Informação sobre os resultados
Prévia Setembro de 2006 Setembro de 2006 Julho 2007
(comparativos)
1º ano Maio/Junho de 2007 Junho 2007 Julho de 2007
2º ano Maio/Junho de 2008 Junho 2008 Julho de 2008
3º ano Maio/Junho de 2009 Junho 2009 Julho de 2009

Produtos da Avaliação
1 – Análise e interpretação dos dados recolhidos em cada eixo temático em avaliação (que pode ser comparativa, quando for possível e se os professores participantes no Projecto assim o desejarem)
2 – Relatório global sobre o impacto da utilização de Quadros Interactivos na sala de aula e respectivas dificuldades inventariadas durante o processo, a realizar anualmente em Julho e durante os três anos de implementação.

Observação
Diários de Bordo são documentos produzidos pelo professor, que vão dando conta, sob uma determinada perspectiva ou aspecto em foco, do que vai acontecendo nas aulas (num grupo de aprendizagem). Estruturalmente são identificadas as sessões, as turmas, o assunto temático e, depois, uma descrição do tal aspecto em foco, tal como foi observado (podem usar-se instrumentos ou descritores fixos ou não). Podem variar-se os aspectos em foco; podem ser complementados por apreciações dos alunos e podem ser vários aspectos em simultâneo (o que aumenta o campo de observação e os registos). Todas essas variações serão previamente planeadas, ou decididas periodicamente, consoante vai sendo desenvolvido o Projecto. Também poderão ser organizados formatos digitais (no portal) para escrita dos Diários de Bordo.
Bibliografia:
Ketele, J. M. e Roegiers, X. (1999). Metodologia da Recolha de Dados. Lisboa: I. Piaget.
Bogdan,R. e Biklen, S. (1994). Investigação Qualitativa em Educação. Porto: Porto Editora.

Nota Final
O Projecto de avaliação que agora se planeia é o esboço genérico que o Centro de Formação de Penalva e Azurara pretende levar a efeito para avaliar a introdução dos Quadros Interactivos na sala de aula, tendo como amostra do estudo os professores que fazem parte da equipa de implementação e respectivas práticas lectivas. Nada obsta a que após o 1º ano de implementação do Projecto, se redesenhe o Projecto, definindo-se outras variáveis e indicadores que a experiência mostre ter mais pertinência investigar.De modo semelhante, também se admite a possibilidade de aspectos parcelares desta implementação, centrados por exemplo numa determinada disciplina, num determinado ciclo de escolaridade, poderem vir a ser efectuadas por outros intervenientes.



 
Adicionar a: Digg Adicionar a: Sapo Links Adicionar a: Diigo Adicionar a: Technorati Adicionar a: Spurl Adicionar a: Google O que é o Social Bookmarking?