Logotipo Inovar com QI
Logotipos dos Parceiros
Incio arrow Sobre o Projecto
Sobre o Projecto criar PDF verso para impresso enviar por e-mail
23.10.2006
ndice
Sobre o Projecto
A Equipa do Projecto
Finalidades do Projecto
Professores Participantes
Implementao e Cronograma
Comisso de Acompanhamento
Comunidade de Utilizadores
Avaliao
Parcerias

Finalidades do Projecto

A sociedade do século XXI, agora conhecida como Sociedade do Conhecimento, não pode dispensar o conhecimento e/ou aplicação das novas Tecnologias da Informação e Comunicação, uma vez que elas estão presentes nos mais diversos sectores da sociedade.
Actualmente está a chegar ao mercado português e a algumas escolas uma ferramenta de elevada qualidade educacional que poderá contribuir para a criação de percursos de aprendizagem e comunicação diversificados. Essa ferramenta é o Quadro Interactivo Multimédia.
Partindo destes princípios, e porque é seu apanágio acompanhar o ritmo do desenvolvimento de novas tecnologias, o Centro de Formação de Penalva e Azurara (CFPA) dinamizou, no dia 24 de Março de 2006, o Workshop Quadros Interactivos na Sala de Aula. No seguimento deste evento, leva a efeito um Projecto de Apoio à Implementação de Quadros Interactivos em Sala de Aula, a ser desenvolvido em parceria com os Quadros da marca Magicboard, com a finalidade de impulsionar a entrada desta nova tecnologia nas escolas associadas, pois o Magicboard proporciona experiências educativas e recursos sem paralelo. As imagens do computador são projectadas para o quadro, onde podem ser vistas e manipuladas. Os utilizadores podem escrever livremente no quadro usando a caneta, adicionar notas sobre imagens, utilizar a caneta como rato e controlar aplicações e documentos directamente no quadro. Todas as notas, imagens ou desenhos podem ser guardados e/ou impressos.[1]
Todos nós temos consciência do quanto é difícil, hoje em dia, cativar a atenção dos alunos para a aprendizagem dos conteúdos escolares. Neste sentido, propomos aos docentes envolvidos a utilização desta nova ferramenta na sala de aula, pois o seu uso poderá permitir um ensino mais dinâmico, mais interactivo, mais motivador, e, por conseguinte, mais eficaz e significativo – contribuindo para melhorar as aprendizagens dos alunos.
Tendo em atenção que a utilização desta nova ferramenta permite estilos diferentes de aprendizagem que provêm da possibilidade de integrar texto, animação, som e vídeo, pretendemos que os docentes, no exercício das suas funções, utilizem o Quadro Interactivo, ou seja, planifiquem as suas aulas tendo em conta este novo recurso. Ao longo deste Projecto solicitaremos aos docentes dados que nos permitam inferir sobre o grau de satisfação dos diversos intervenientes.
Para além disso, e tendo em atenção as potencialidades do Magicboard para teleconferência, pretendemos, para além das escolas associadas ao CFPA, abranger neste Projecto mais quatro escolas/entidades, fisicamente distantes, como nos mostra o esquema que se segue:

Image

Escolas envolvidas no Projecto:

Escolas Associadas ao Centro de Formação de Penalva e Azurara:

  1. Escola Secundária Drª. Felismina Alcântara
  2. Escola EB 2,3/S de Penalva do Castelo
  3. Agrupamento de Escolas Ana de Castro Osório
    • Escola EB 2,3 Ana de Castro Osório (Sede de Agrupamento)
    • Jardim-de-infância da Cunha Baixa
    • Jardim-de-infância de Casal Mendo
    • Escola do 1º CEB de Abrunhosa-a-Velha
  4. Agrupamento de Escolas Gomes Eanes de Azurara
    • Escola EB 2,3 Gomes Eanes de Azurara (Sede de Agrupamento)
    • Jardim-de-infância de Contenças
    • Escola do 1º CEB Nº 2 de Mangualde
    • Escola do 1º CEB de Lobelhe
  5. Agrupamento de Escolas do Concelho de Penalva do Castelo
    • Escola Básica Integrada de Ínsua (Sede de Agrupamento)
    • Jardim-de-infância de Penalva do Castelo
    • 1º CEB – Sala 2 da Escola Sede

Escolas Não Associadas ao Centro de Formação de Penalva e Azurara:

  1. Escola Secundária Filipa de Vilhena – Porto
  2. Agrupamento de Escolas de Ovar – Ovar 
  3. Escola EB2,3 Vasco Santana[2] – Odivelas
  4. Escola Secundária Dr. Ângelo Augusto da Silva – Funchal

Consideramos pertinente envolver todas as Escolas/Agrupamentos associadas ao CFPA, para que possam usufruir dos benefícios proporcionados por esta nova ferramenta. Desta forma, os estabelecimentos de ensino, acompanhando o evoluir dos tempos, poderão renovar as suas práticas pedagógicas que resultarão numa melhoria do sucesso educativo.
O Centro de Formação de Penalva e Azurara, que tem trilhado um longo percurso na dinamização de acções de formação na área das Novas Tecnologias de Informação e Comunicação, tem consciência de que a utilização da tecnologia por si só não é suficiente. São os docentes os veículos prioritários neste Projecto, pois é através deles que conseguiremos inovar o ensino, utilizando este novo recurso na sala de aula. Assim sendo, este Projecto tem como linhas de actuação prioritárias minimizar e ultrapassar todas as dificuldades inerentes ao uso da tecnologia em contexto de aprendizagem. Para tal apoiaremos as escolas e os docentes envolvidos fomentando a formação e existirá um Portal onde os docentes (não apenas das escolas do Projecto, mas todos os utilizadores dos Magicboard) podem, entre outras actividades, partilhar experiências, trocar materiais, expor ideias, ou seja, criaremos uma Comunidade de Prática Magicboard.

[1] Adaptado de www.magicboards.pt.
[2] Como o Apoio do CANTIC – Centro de Avaliação em Novas Tecnologias de Informação e Comunicação (www.cantic.org.pt). O CANTIC é um Centro de recursos da DREL, situado na Escola Secundária de Sacavém, vocacionado para o suporte à escolaridade e socialização de alunos com deficiência motora severa ou com doença crónica grave.

Esquema 1: Implementação na Escola/Agrupamento

Image


 
Adicionar a: Digg Adicionar a: Sapo Links Adicionar a: Diigo Adicionar a: Technorati Adicionar a: Spurl Adicionar a: Google O que é o Social Bookmarking?