Logotipo Inovar com QI
Logotipos dos Parceiros

Auto-Avaliação no TurningPoint criar PDF versão para impressão enviar por e-mail
09.05.2008

ImageSomos docentes do 2º ciclo do Ensino Básico, da Escola do 2º e 3º Ciclo Ana de Castro Osório de Mangualde, um de Língua Portuguesa, o outro de Matemática e em conjunto, quisemos experimentar uma outra forma de recolha de elementos de auto-avaliação dos alunos da mesma turma, nas respectivas disciplinas, através da utilização do TurningPoint – sistema de votação a distância através dos quadros interactivos.

A tomada de decisão para implementarmos a auto-avaliação utilizando esta tecnologia prendeu-se com o facto de, em situações anteriores, observarmos que alguns alunos realizavam esta tarefa sem a preocupação de analisarem as questões e, consequentemente, as respostas; por vezes, resultavam em factos tão desajustados à realidade que o próprio aluno, em situação posterior ao preenchimento da ficha de auto avaliação, ao ouvir a leitura da mesma e sem saber que se tratava da sua ficha, não se reconhecia na descrição que ouvia.

Desta vez, apercebemo-nos de um maior cuidado na procura da resposta uma vez que os alunos sabem até que ponto pode ir o tratamento da informação, podendo até visualizar-se, em tempo real, o tipo de respostas que estão a ser dadas a determinada pergunta permitindo, inclusivamente, concretizar melhor a hetero-avaliação.

ImageNesta conformidade, com base nos referentes de avaliação dos respectivos departamentos curriculares, construímos, em conjunto e para a mesma turma (6ºA), uma apresentação de diapositivos no TurningPoint que nos disponibilizasse mais e melhores elementos de auto-avaliação em contrapartida aos processos tradicionais.

Elaborámos, em primeiro lugar, um esquema com critérios e indicadores comuns relacionados com o domínio das atitudes e valores (autonomia, responsabilidade, criatividade, empenho e solidariedade). Passámos depois para os indicadores do domínio da informação (adequação e tratamento) e por fim, cada um acrescentou os indicadores relacionados com as competências específicas da sua disciplina.

Após a construção deste quadro de indicadores que iríamos colocar para auto-avaliação dos alunos, passámos para a construção da apresentação dos slides no TurningPoint que decorresse em cerca de setenta minutos, que testámos de seguida no quadro interactivo, depois de configurar convenientemente o TurningPoint para uma sessão com os alunos da turma do 6ºA.

As duas sessões decorreram à semelhança de anteriores com a natural excitação e ansiedade, os alunos já conhecedores desta ferramenta procederam conforme o desejado, todavia foi necessário fazer um rápido esclarecimento, antes da votação, relativo ao teor das questões colocadas e das várias informações que iriam aparecer nos dispositivos.

No final da aula produzimos os respectivos relatórios (por aluno, por grupo, por questão colocada – em texto no Word, em gráfico, em dados no Excel) para posterior análise. Conforme podem verificar pelas informações recolhidas, algumas das quais disponibilizamos em diário de bordo, os resultados obtidos são bastante interessantes.

António Cardoso e Renato Castro

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >

Adicionar a: Digg Adicionar a: Sapo Links Adicionar a: Diigo Adicionar a: Technorati Adicionar a: Spurl Adicionar a: Google O que é o Social Bookmarking?