Máquina de Atwood

INTRODUÇÃO

 
 

As forças de ligação são o resultado das interacções com os suportes em que os corpos se apoiam ou com os fios ou cabos a que estão ligados e que limitam as trajectórias que eles podem descrever.

Um corpo suspenso por um fio ou um outro que se desloque numa superfície têm a particularidade de verem as suas trajectórias restringidas. O primeiro está parado, as forças que nele se exercem estão em equilíbrio e por isso a resultante das forças é nula.

Se o corpo começar a ser puxado e subir com uma aceleração  a intensidade da tensão do fio é, neste caso, superior à do peso e depende da aceleração com que o corpo sobe.

Se o corpo descer a intensidade da tensão é menor do que a do peso e se o fio partir a tensão deixa de existir e o corpo desce com a aceleração da gravidade.

Podemos obter uma queda “au ralenti” se suspendermos dois corpos, de massas m1 e m2, nos extremos de um fio inextensível e de massa desprezável que passe na gola de uma roldana, também ela de massa desprezável, sendo um aparelho deste tipo chamado Máquina de Atwood.


 
Webquest elaborada por José Bonifácio com